Untitled Document
  • postado por: Isabela Soares | 22 set 2017

    O filme começa direto com depoimentos que já colocam o espectador no cerne da discussão, para só depois apresentar os nomes e profissões dos entrevistados: e isso mostra como o discurso destas pessoas é mais importante que suas funções.
    A diretora utiliza o formato documentário para traçar um paralelo entre o período da escravidão e a preocupante situação do sistema carcerário americano, a fim de explicitar a inegável violência que o Estado impõe sobre os jovens negros.
    Então o paralelo é simples: a décima terceira emenda garante que nenhum cidadão americano será submetido a nenhuma forma de trabalho forçado, exceto se o indivíduo for criminoso condenado. Levando em conta que os Estados Unidos hoje possuem maior número de negros no sistema carcerário do que teve de escravos no período escravagista, a conclusão de que a 13ª emenda garante a manutenção do escravagismo é óbvia.
    São as rápidas transições entre os depoimentos que tornam o documentário mais fluido, dando a impressão de que estamos assistindo encaixes de diferentes pessoas lendo o mesmo texto. Entre as declarações, ainda são inseridas imagens históricas e atuais de violência contra a comunidade negra.

    Vamos olhar em uma perspectiva voltada ao Brasil!

    “ A prisão é uma decisão política e não jurídica”. O delegado afirma que para ver o abolicismo no Brasil deve-se começar por nós mesmos e depois aplicar nas Instituições.” – Delegado Orlando Zaccone.

    Como brasileira, e especialmente depois de uma sequência de casos de massacres e rebeliões em presídios no Brasil, é interessante notar como praticamente todos os elementos do debate nos Estados Unidos servem para o nosso país: o uso da política da “lei e ordem” como disfarce para prender pessoas negras e pobres; a guerra contra as drogas que apenas reforça a prisão de mais pessoas negras; os interesses políticos e econômicos por trás da construção de tantas prisões. Tanto nos debates e informações, “A 13ª Emenda” traz um banho de conhecimentos e ensinamentos que, além de funcionarem como lições para países como o Brasil – que possui outros problemas ainda mais graves. Para se manter um sistema capitalista prisões são necessárias, pois estas geram penitenciárias privadas que sim dão muito lucro.
    Sim, A 13ª Emenda te faz sentir incômodo, culpa, raiva e até alguma impotência diante da enorme máquina responsável pela manutenção da estrutura racista do sistema carcerário americano.
    A 13ª Emenda é um documentário de suma importância social e política.

    Trailer do Documentário que está na NETFLIX ->